domingo, 15 de março de 2009

O meu beijo para Rodin

Este é "uma espécie de" poema que eu escrevi em 2001, na altura divulgado no site Educare e que mais tarde publiquei no meu blogue O Lobo Leitor. É um bocadinho apimentado, há quem diga que é erótico...o meu único intuito foi transmitir aquilo que esta escultura de Rodin inspirava em mim.

As esculturas de Rodin deslumbram-me e emocionam-me. Em Madrid, em 1998, tive oportunidade de ver ao vivo algumas das suas obras-primas, fiquei completamente encantada, rodeando-as, olhando de todos os ângulos, cercando a sua completa perfeição...


Aqui deixo o meu O Beijo, de Rodin:






Da metamorfose do rochedo
Monstro de terra e de mar
Áspero, sólido, horrendo
Liberta-se aos poucos
Uma forma de arte... e de amar

Os músculos apenas se descobrem
Na denúncia da pulsação esquecida
Das mil energias que percorrem
A pedra viva.

Na lisura da pedra suada murmuram discretas veias
De dois corpos em concha
Onde
o tempo construiu suas imortais teias

De brilho e de cotão

Pelo torso tímido ela se enleia como Hera
Que o quer seu
E o seu gesto de jovem primavera
Guarda em si o fogo da paixão

Na brisa subtil desta ternura
Esquecida de si mesma ela se dá
E da rocha de uma teimosia dura
Os pés voam e ganham o ar.

O seu seio erguido se alonga no abraço
E roça dele o peito pujante e vigoroso
E este toque sentido
Desperta um desejo ardente e ansioso.

O amante, mais contido no seu movimento
Pousa a sua mão grande e viril
Na carne rija e sem tempo
Da sua ninfa de cinzel e vento.

E na coxa que a luz revela... firmeza
E a sombra arredonda,
Há a secreta beleza
De um segredo profundo... no escuro.

Os olhos fechados no pudor do sentimento
O tremor quente dos lábios nas órbitas nocturnas.
A urgência do desfloramento
Na avidez das ternas garras, tenra luz.

Numa penumbra sem rostos
Dois corpos, um só ensejo
Um homem, um mulher
Um só gesto, um eterno beijo.

Ana Tarouca, 2001


10 comentários:

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

Aqui "na filial BR" beijo sem pimenta e sem erotismo não é beijo; é "selinho"...rsrsrsrsrs
Nossa fama de "levados" ou "traquinas" não é mentirosa, não...
Nossa! Quero conhecer mais textos seus! Tenho que ir no outro BLOG? Ou aguardo por aqui, mesmo?
BJS!

Ana T. disse...

Christina,
eu também sou Cristina, só a grafia é que é diferente!
Há muitos tipos de beijo...este é o beijo carnal, apaixonado...
Sou um bocado insatisfeita em relação ao que escrevo...escrevo muito mas vai tudo para a gaveta.
E depois, escrever também dá trabalho (já não me lembro quem dizia que é 10% inspiração e 90% transpiração) e eu não sei se tenho falta de tempo ou preguiça a mais!
Obrigada pela visita.
Beijos transatlânticos
Ana

Cris Madame disse...

Uau !! traduziu em palavras a escultura !! E muito bem !! Parabéns !

Moça do Fio disse...

Uau!!

Que lindo!!

Aprecio a obra de Rodin [só não gosto da safadeza que ele fazia com a Camille Claudel].

Congratulações pela tradução da escultura.

Beijo.

Anónimo disse...

Muito bem, menina Ana, não conhecia a tua veia poética..

Poejo

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

Se eu souber que você jogou mais alguma coisa na gaveta, junto uma grana, pego um avião (OOPS! Uma caravela! Navegar é preciso!...), e vou aí só para te dar umas palmadas! AI! AI! AI!... Não faça isso!...
Qual artista sem "insatisfações" você conhece?... A insatisfação é a nossa mais preciosa "gazolina"!...
BJS!

Ana T. disse...

Cris,
Obrigada e bjs
Ana

Ana T. disse...

Moça do Fio,
pois é, pois é... não há grande artista sem senão...ninguém é perfeito! Rodin estava longe de ser perfeito mas as suas esculturas são perfeitas.
Obrigada e bjs
Ana

Ana T. disse...

Oh Poejo,
tu que me aturas todos os dias, ainda não tinhas reparado na minha via poética!? Se calhar é porque a dita veia foge no meio das nossas pilhas de papeis, ficheiros, trabalho! Fica só a rabugice! :)
Bjs
Ana

Ana T. disse...

Christina,
acho que é um misto de insatisfação e pudor, vergonha mesmo. Leio grandes autores, depois olho para o que escrevo e penso: Nah!
Vou tentar ser mais aplicada, organizada e corajosa.
Obrigada!
Bjs
Ana(também)Cristina

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin