segunda-feira, 20 de abril de 2009

Um Poema de Bráulio Tavares que descobri na Bruaá


O CASO DOS DEZ NEGRINHOS

(romance policial brasileiro)


Dez negrinhos numa cela e um deles não mais se move.
Manhã cedinho eles contam: e só tem nove.


Nove negrinhos fugindo; um deles, o mais afoito
dançou — os guardas pegaram — fugiram oito.


Oito negrinhos trabalham de revólver e canivete;
roupa cáqui vem chegando; correram sete.


Sete negrinhos seguiam pela rua de vocês.
Um pai chamou a polícia; fugiram seis.


Seis negrinhos dão o balanço: bolsa, anél, relógio, brinco...
houve um erro na partilha e viraram cinco.


Cinco negrinhos de olho na saída do teatro;
um vacilou, deu bobeira, sobraram quatro.


Quatro negrinhos tormbando. Todos quatro de uma vez.
Um deles o cara agarra — mas não os três.


Três negrinhos batalhando feijão, farinha e arroz.
Um deu-se mal: a comida... dava pra dois.


Dois negrinhos se embebedam de brama, cachaça e rum;
discussão, briga, navalha... fica esse um.


E um negrinho vem surgindo
do meio da multidão:


por trás desse derradeiro
vem um milhão.
Bráulio Tavares

Excelente!

Fonte: Bruaá Editora

O blogue da Bruaá Editora é soberbo. A Bruaá é uma editora portuguesa recente que publica livros infantis de enorme qualidade, daqueles que tocam miúdos e graúdos. Os dois primeiros que editou são lindos. O terceiro ainda não conheço...por enquanto. :)

2 comentários:

CHRISTINA MONTENEGRO disse...

A Bruaá é muito simpática, mesmo (fui lá); o Bráulio é um (ainda) jovem autor que gosto muito.

Ana T. disse...

A Bruaá é uma editora de livros infantis nova em Portugal. Penso que acaba de editar agora o seu terceiro livro que ainda não conheço. Mas os dois primeiros são lindíssimos. E o blogue é fantástico.
Este é o único poema que eu conheço deste jovem autor brasileiro, esbarrei com ele e adorei.
Bjs
Ana

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin