domingo, 22 de agosto de 2010

Estudantes, licenciados, pós-graduados, mestres, doutores, situem-se!

Temos muito a cultura, a mania, a presunção e o preconceito dos "senhores doutores". "Doutor" não é um licenciado. É médico ou doutorado. Mas o que é exactamente um doutorado? Matt Might, professor de Ciências da Computação na Universidade de Utah define o conceito de forma simples, esquemática, gráfica.

Começa com um simples círculo:



Sempre que as aulas começam, eu explico para uma nova fornada de estudantes atrás de um título de doutorado o que isso realmente significa.



É difícil de explicar em palavras, então eu uso desenhos para me ajudar.

Imagine um círculo que contém todo o conhecimento humano:


Quando você completa o ensino básico, você sabe um pouco:



Quando você completa o ensino médio, sabe um pouquinho mais:



Com uma graduação no ensino superior, você sabe um pouco mais e ganha uma especialização:



Um mestrado te aprofunda naquela especialização:


Ler e estudar teses te leva cada vez mais em direção ao limite do conhecimento humano naquela área:


Quando você chega lá, você se foca:



Você tenta ultrapassar os limites por alguns anos:





Até que um dia os limites cedem:





Este pequeno calombinho de conhecimento que ultrapassou os limites é chamado de doutorado (Ph.D):





Agora, é claro, o seu foco no mundo é diferente:






Mas não esqueça da dimensão das coisas:


Continue ultrapassando os limites.



Muito, muito bom. E o último esquema ajuda-nos a manter humildes. "Só sei que nada sei" de Sócrates (o grego) continua a apresentar-se como uma brilhante conclusão. 



1 comentário:

Pedro Príncipe disse...

Excelente esta apresentação gráfica - obrigado pela partilha.
É preciso sempre ter a verdadeira dimensão das coisas para se ser merecedor de atenção à nossa dimensão individual.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin