terça-feira, 24 de agosto de 2010

O filho dos livros

"Estava rodeado de livros. Nascera rodeado de livros.O pai, bibliotecário tomara a mãe de assalto entre livros, no silêncio de uma tarde distantíssima. A mãe era uma das mulheres que anotava, numa secretária junto da janela, os nomes daqueles que consultavam livros.O pai vigiava aqueles que consultavam livros.



Entre livros, a mãe teve dores; entre livros rebentaram-se-lhe as águas; entre livros pariu-o.



Entre livros cresceu, viveu, trabalhou. Não sabia de outra coisa senão de livros.



Os livros começaram a aborrecer-se do homem dos livros. E, um dia, todas as palavras soltaram-se em letras, as letras envolveram-no, as letras comeram-no em silêncio, em silêncio, em silêncio, no silêncio dos livros mudos."



Baptista-Bastos , 1993


Os meus sinceros agradecimentos a João Miguel Alves por me dar a conhecer este texto.

2 comentários:

« Katyuscia Carvalho » disse...

O Miguel é mesmo um "mineiro" que vive achando essas pedras preciosas em forma de palavras, Ana.

[Que profissão linda a sua: bibliotecária!]

Um beijo brasileiro.

Ana Tarouca disse...

Katyuscia,
Gosto da minha profissão mesmo!
Obrigada.
Beijo transatlântico
Ana

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin